RSS

15 de out de 2011

Passa o tempo

Em um piscar de olhos, passaram-se anos.
Lembro como se fosse ontem, tudo.

Minha infância, acontecimentos, brinquedos, doces, saudade.

Hoje me sento aqui, observo essa casa, esse bairro, essa cidade, lembranças.

Tudo me traz lembranças.

O tempo passou rápido demais, poucos anos foram-se mais rápido do que o esperado, aconteceram coisas demais nesse tempo, coisas que não deviam ter acontecido, coisas boas, saudades de você.


Não sei porque mas hoje senti uma forte vontade de lhe escrever uma carta.
Sei que não é uma data muito importante, é só mais um ano, mais um aniversário.
A última e primeira carta que lhe escrevi foi no dia em que você partiu.
Fique tranquilo, está guardada em um lugar seguro, junto com as outras cartas que recebi durante minha curta vida.


Queria antes de mais nada lhe agradecer, por tudo.

Por me fazer do jeito que eu sou, por me dar o seu nome, por ter sido rigoroso comigo, por ter me ensinado a ser quem eu sou, por ter escrito na minha porta o seu nome, por me abraçar nos dias frios e falar que estava magra demais, por me ajudar a roubar doce da cozinha quando ainda era pequena demais, me ensinar que o doce roubado é mais gostoso, me dar severos corretivos quando estava errada, me ensinar o que é o certo e o errado.

Me desculpe pelas minhas mal criações, pelas inúmeras vezes que disse que você não era meu pai, você era sim meu pai, de coração.

As lágrimas que derramo agora não são de tristeza, não se preocupe, são de emoção, felicidade.

Hoje reflito sobre tudo que passei, sobre você, e tenho certeza que você está me observando.

Muitas pessoas me disseram que escrever isso não seria saudável, sentimental demais para um blog, falar com você não é saudável, se é assim eu quero sucumbir de doença.


Observo árvores passando por mim, pessoas, o banco que você fez ainda está intacto, a grama que eu costumava rolar, a árvore aonde você se escorava estão sendo substituídas por concreto, diferente de minha vida, que quanto mais passa os anos mais fica mais incerta, aventureira.

Como você que a cada estrada, cada caminho que seguia vivia uma nova aventura, a vida é como o seu caminhão, passa três meses em um caminho, muda de caminho, da voltas, se perde, sente saudades, mas no fim sempre se direciona ao mesmo lugar, aonde estou agora.

Hoje completo 14 anos de vida, pouco tempo demais, espero que faça muitos outros 14 daqui em diante, espero que sempre que completar 14 novamente lembre desses primeiros 14, lembre dessa carta, lembre de você, lembre de tudo que já passei, de tudo que passo e do que passarei.

Espero ter histórias para contar.




4 comentários:

Anônimo disse...

Frist Comment!!!!
TRIPLE FRIST COMMENT!!!
sinto muy deeh, ganhei essa bunito muahahahaaha
que isso, essa garotinha chamada mila, cada dia faz post mais bonitos, sérios e poéticos...
ta crescendo, já são 14 aninhos =D
isso ai mila felicidades e continue assim em??
beijos

Daniela Costa disse...

Gostei *-*

Deeh disse...

Ahá, eu estou sobrando legal né. Mas ok. Eu acho que fui a primeira a desejar feliz aniversário para ela então morra de inveja - não. Isso ficou maravilhoso. Quando você me disse que iria fazer um texto sobre o tempo, nunca pensei que seria assim. Imaginei algo triste, algo sombrio. Talvez porque o tempo me de um pouco de medo. Mas esperanças também. E foi exatamente isso que você passou aqui. Nada é definido, apenas caminhamos incertos na trilha dessa vida. Deixamos muita coisa para trás, outras nós nunca abandonamos de verdade, mesmo sabendo que não estão presentes da mesma maneira que antes. Mesmo que isso não signifique que estão mais distantes. Então Camila, espero que você continue nessa trilha, errando, acertando, em meio a sorrisos ou lágrimas, mas sempre tendo essa força incrível de superar cada passo em falso e seguindo em frente! Beijos de sua leitora loser e depois eu faço os comentários pendentes :*

Fábio CJ disse...

que lindo. se o ceu existe e tal ele leu. se nao, leu do msm jeito, pq, como fringe me ensinou, alma eh energia e energia nao desaparece. mt lindo msm seu texto
aposto q chorou escrevendo, ne camila...
hauhusahuahus
abraços

Postar um comentário

 
Copyright Blog da Mila 2009. Powered by Blogger.Designed by Ezwpthemes .
Converted To Blogger Template by Anshul .